Escrita Criativa e Storytelling | Lisboa

No fim do curso, o participante estará apto a:

  • Assimilar as noções base da escrita criativa e do storytelling;
  • Conhecer as potencialidades de uma boa história bem contada (tom, pontos dinâmicos, tipos de personagens, estrutura, ritmo, abertura e fecho);
  • Integrar a estrutura narrativa na criação de conteúdos online e offline.

Gratuito

Objetivos
Programa
Metodologia de Formação e Avaliação
Formador
Destinatários
Condições de Participação
Contactos

Objetivos

O curso tem por objetivo apresentar os principais fundamentos e técnicas de escrita criativa e storytelling aplicados à comunicação para produção de mensagens mais persuasivas. Durante o curso, serão abordados:

  • Objetivos e potencialidades das técnicas de escrita criativa e storytelling para uma comunicação estratégica;
  • Identificação das características comuns à utilização da técnica de escrita criativa e do storytelling nos diferentes meios;
  • O que distingue uma boa história de uma história bem contada;
  • Ideias chave para integrar a escrita criativa e storytelling em apresentações;
  • Exercícios de aplicação das técnicas apresentadas

Programa

  • Fundamentos do Marketing Digital;
  • A importância das personas e como identificá-las;
  • Importância do Funil de Conversão e Jornada do Consumidor na elaboração de um Plano de Paid Social;
  • Dados do Facebook;
  • Conta comercial x conta pessoal.
  • A comunicação: conceito e funções;
  • As características de uma redação eficaz;
  • Como planear a escrita;
  • Escrita simples e correta: técnicas para sistematizar informação;
  • Síntese, análise e verificação da inteligibilidade da mensagem.
  • O storytelling como ferramenta de comunicação;
  • Os vários tipos de histórias;
  • Os ingredientes de uma história;
  • A relação com o recetor da mensagem;
  • A estrutura narrativa;
  • A viagem do herói: exemplo de estrutura clássica.
  • Desbloquear a criatividade: escrita lúdica, automática e escrita com estímulos rápidos;
  • Explorar e exercitar a máxima da escrita «Mostrar, não dizer»;
  • Gianni Rodari, Gramática da Fantasia – o binómio fantástico e outros pontos de partida para a escrita;
  • Universos sensoriais: utilizar os cinco sentidos para enriquecer a escrita;
  • Locais e espaços para a escrita, tais como cenário, protagonista ou fonte de histórias;
  • A vida dos objetos: construir histórias a partir de objetos quotidianos e outros;
  • Criação de personagens;
  • Estrutura narrativa: estrutura do conto tradicional; escrever histórias com princípio, meio e fim;
  • Apurar a escrita: evitar os clichés, lugares comuns e outros bordões da linguagem.
  • O Mindset e as ferramentas para escrever mais e melhor;
  • Bloqueios criativos – como vencer;
  • Roube como um artista;
  • Um toc na cuca;
  • Escrever a partir de objetos.
  • A escrita para cada rede social:
    • Facebook;
    • Instagram;
    • LinkedIn;
  • Como repostar conteúdos entre as redes sociais.
  • Hashtags e emojis;
  • Como dar vida e cor aos textos;
  • Textos e contextos para o digital.

Metodologia de Formação e Avaliação

  • Formação à distância dinamizada através da Plataforma Moodle – Learning Management System (LMS), como plataforma de aprendizagem e sessões síncronas dinamizadas pelo Zoom;
  • A formação será desenvolvida numa perspetiva teórica-prática com a utilização de uma metodologia formativa ativa (assente na exploração de situações reais, exercícios práticos e simulações) devidamente ajustada aos objetivos e conteúdos programáticos;
  • Obtenção de um Certificado de Qualificações mediante a classificação mínima de 10 valores e assiduidade mínima exigida (90%).

Formador

Márcia Malvina
Especialista em MKT Digital, pós graduada em Executive Márcia Malvina, especialista em MKT Digital, pós graduada em Executive Marketing, Mestre em Comunicação e Doutoranda em Ciências da Comunicação pela UNL. Possui mais de 25 anos de experiência nas áreas de planeamento estratégico, realização de estudos de mercado, organização de grandes eventos, gestão de relacionamento com clientes, comportamento do consumidor, comunicação empresarial e estratégias de lançamentos digitais. Já atuou como executiva de grandes empreendimentos como Shopping Centers, indústrias de calçado e alimentos. Docente no Ensino Superior, em disciplinas de Licenciatura e Pós-graduações em Marketing Digital, Comunicação e Gestão Estratégica de Marketing.

Destinatários

Os trabalhadores, independentemente do seu nível de proficiência digital de:

  • Qualquer entidade empregadora na Região Lisboa e Vale do Tejo, exceto, entidades da Administração Pública.
  • Trabalhadores desde que tenham um vinculo à empresa, nomeadamente, na condição de emissão de recibos verdes (faturas-recibo), contrato de prestação de serviços, membros dos órgãos estatuários, tais como, a direção, o conselho de administração e/ou outros;
  • Empresas que integrem as organizações associadas das confederações patronais com assento na Comissão Permanente de Concertação Social;
  • Filiados em organizações sindicais associadas de confederações sindicais com assento na Comissão permanente de Concertação Social;
  • Entidades da economia social;
  • Adultos (> 18 anos) empregados com habilitação mínima ao nível do 3º ciclo (9º ano de escolaridade);

Condições de Participação

  • Inscrição mediante indicação por parte da empresa;
  • Ter local de trabalho na região de Lisboa e Vale do Tejo;
  • Atribuição de subsídio de alimentação no valor de 5,20€ /dia, apenas nas sessões de formação com a duração de 3 horas, fora do horário de trabalho;
  • No início de cada ação de formação, devem os formandos proceder ao seu registo no portal Academia Portugal Digital (https://academiaportugaldigital.pt/) e, no início e final da formação, proceder ao diagnóstico de competências digitais para efeitos de posicionamento no nível de proficiência digital detido (aferido pelo Quadro Dinâmico de Referência para a Competência Digital);
  • É da responsabilidade do formando, assegurar os meios / equipamentos informáticos necessários para realizar as sessões online (computador com câmara colunas e altifalante; acesso à internet; acesso ao zoom) e assistir presencialmente à sessão final de 1 hora (sessão obrigatória em regime presencial);
  • A ANJE reserva-se o direito de não iniciar as formações nas datas previstas, caso não exista um mínimo de 15 formandos por turma.
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this